FONE (11) 3511-2626 E (11 ) 5542-3755 vendas@digitrol.com.br

Cromatografia em biotecnologia

Cromatografia

A purificação de proteinas em biotecnologia usualmente necessita de um ou mais está-gios de cromatografia líquida durante o fluxo do processo.

optek C8000 Conversor Universal

Os sensores fotométricos e eletroquímicos da optek diretamente na linha foram projetados especificamente para medição e controle em tempo real. Isto melhora a separação cromatográfica, gerando dados consistentes e repetiveis para permitir critérios mais discretos de separação para maximizar os rendimentos e melhorar a qualidade.

Monitoramento Cromatográfico Pré-coluna

Um sensor de condutividade ACF60 inline, que inclui um sensor de temperatura e o sensor PF12 de pH, medem a condutividade, a temperatura e o pH em tempo real.
Monitoramento Cromatográfico Pós-coluna
Durante a purificação, uma medição confiável e repetitível da pós-coluna é necessária para garantir uma separação precisa para maximizar os rendimentos e pureza das frações de proteína/DNA.
Montados diretamente na linha de processo na saída da coluna, um sensor de UV com um único comprimento de onda AF45 ou com duplo comprimento de onda AF46 pode melhorar a eficiência do processo de separação. Isto assegura a pureza do produto e reduz muito os testes e análises manuais em bancada.


optek CF60 Sensor de Condutividade e PF12 Adaptador do Eletrodo de pH montados em um corpo de medição

Um pacote de filtros rastreáveis ao NIST permitem ao usuário calibrar o sensor diretamente na linha, de uma maneira rápida e repetitível.

O sensor de condutividade de seis-eletrodo, quatro pólos patenteado e o sensor de pH PF12 ACF60 monitoraram o processo, quando montado numa célula de fluxo otimizado com baixo volume de retenção. Uma ampla faixa de medição do sensor de condutividade permite o monitoramento da transição entre a solução buffer e o controle do processo de limpeza, enquanto um sensor PF12 é utilizado para o ajuste do gel de emchimento por meio do valor do pH. Adicionalmente, os métodos de equilíbrio são monitorados e a integridade coluna é assegurada.
Duplo comprimento de onda

O primeiro comprimento de onda mede a concentração da proteína a por ex. 280 nm para processo de agrupamento. Utilizando um segundo comprimento de onda de medição por ex. a 300 nm simultaneamente, este sinal é usado para se obter leituras mesmo nos ranges de concentração mais altos.
O duplo comprimentos de onda fornece a resolução precisa em baixa OD (densidade óptica) para iniciar ou parar a coleta da fração usando 280 nm. Um comprimento de onda secundário de alta gama é usado para monitorar eluição nas maiores faixas de DO.


optek AF46-VB Sensor Absorbância UV de 2 Canais com o Adaptador de Calibração

Medições nos comprimentos de ondas em 254/280 oferecem leituras para avaliar os níveis de pureza e contaminação do ácido nucléico (DNA/RNA) das proteínas.Devido a modularidade dos sensors em linha da optek, diferentes comprimentos do passo óptico (OPL) são possíveis. Dependendo do range de concentração desejado, o OPL é especificado para se obter as maiores repetibilidades e linearidade.
C8000 - 8 medições realizadas a partir de 5 sensores com apenas um conversor de alta precisão

optek AF46-VB Sensor Absorbância UV de 2 Canais com o Adaptador de Calibração
Em um skid de separação cromatográfica são necessárias as seguintes medições:
Pré-coluna:
Sensores combinados em um único corpo de medição para baixo volume de retenção
  • Condutividade (ACF60 optek)
  • Temperatura (ACF60 optek)
  • PH (PF12 optek)
PÓS-coluna:

Sensores combinados em um único corpo de medição para baixo volume de retenção
  • 2 Canais de UV (AF46 optek)
  • Condutividade (ACF60 optek)
  • Temperatura (ACF60 optek)
  • pH (PF12 optek)

Solicitar Orçamento

Outros destaques

Mais produtos

Goup Digital Marketing